O amor supera tudo

02/05/2019 00:00:00 Noticias
sAC4o9ipQ1R0
.




A notícia mais triste que vejo diariamente é a quantidade injustificável de homicídio contra a mulher brasileira. O crime conhecido como faminicídio não para e torna o Brasil um dos "líderes" dessa estatística sangrenta e odiosa. Matar em nome do "amor" é algo inaceitável. O amor verdadeiro não se traduz de prática criminosa contra uma pessoa indefesa. Proporcionalmente, a mulher tem menos força física do que o homem. Este que acha ser possível tirar a vida de sua "companheira" pode até ser superior. Porém inferior na garra de lutar sempre pela igualdade de gênero. A mulher de pura grandeza não se abate quando o covarde ataca-a por causa do ciúme doentio vindo de uma ignorância sem sentido, sem razão e sem limite. Não tem direito o homem de banir uma mulher indefesa. Mesmo que um dia chegue a concretizar de ceifar uma mulher, amanhã haverá duas, três ou até milhões delas unidas contra a crueldade daquele que jamais deve ser chamado de homem.

Jornalista Ronan Almeida de Araújo (DRT/RO 431/98)

Postagens Semelhantes